(11) 2222-1085
contato@gruporeciclabr.com.br
Quarta, 04 Junho 2014 20:13

Latasa Reciclagem confirma fábrica no Paraná

O governador Beto Richa e o diretor-presidente da Latasa Reciclagem, Mário Fernandez, assinaram nesta segunda-feira (02) protocolo de intenções que garante apoio do Governo do Estado, por meio do programa Paraná Competitivo, para a instalação de uma planta industrial da empresa no município de Centenário do Sul, no Norte do Estado. O secretário da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, também assinou o documento.

Líder no mercado brasileiro de reciclagem de alumínio, a Latasa vai investir R$ 30 milhões no empreendimento, que vai trabalhar com qualquer tipo de sucata. A nova fábrica criará cerca de 150 empregos diretos e 300 indiretos. A unidade de Centenário do Sul terá capacidade para reciclar de 2 mil a 3 mil toneladas de sucata por mês.

“São mais R$ 30 milhões de investimentos, que garantirão empregos e renda em Centenário do Sul, beneficiando, também, municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano”, afirmou o governador, na solenidade, realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Richa ressaltou o caráter descentralizado dos investimentos produtivos feitos dentro do maior ciclo industrial do Estado. “Dos novos investimentos, 75% estão localizados em municípios do interior do Paraná, o que dissemina a oportunidade de empregos para as pessoas nos locais onde elas vivem, incentivando, também surgimento de negócios para empreendedores de todas as regiões”, afirmou o governador.

“Estamos colhendo frutos da estratégia de desenvolvimento econômico implantada pelo governo estadual, baseada no diálogo com o setor produtivo, na segurança jurídica aos investidores e no apoio por meio do programa Paraná Competitivo”, disse Richa. De 2011 para cá, o Estado já teve confirmado R$ 30 bilhões em novos investimentos, tanto de empreendimentos que chegam ao Estado como de expansão de indústrias já existentes. Os novos empreendimentos têm potencial para criar 180 mil empregos.

O governador lembrou que pesquisa realizada pelo Sebrae e Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou o Paraná como o Estado com melhor ambiente para a instalação de micro e pequenas empresas.

Richa citou outros indicadores do bom desempenho econômico do Estado. Dados do Ministério do Trabalho confirmam o Paraná que, em 2013, o Estado foi o terceiro maior gerador de empregos com carteira assinada. “O Produto Interno Bruto do Paraná cresceu mais que o dobro do nacional em 2013. Até 2010, o desempenho do PIB estadual era menor que o do Brasil.

SUSTENTABILIDADE - Fundada em 1991, a Latasa foi pioneira no Brasil no segmento de reciclagem. São mais de 200 mil toneladas de alumínio processados por ano em três centros de fundição localizados no estado de São Paulo. A empresa conta com 20 centros de coleta em 11 estados brasileiros e um em Miami.

O diretor-presidente da Latasa, Mário Fernandez explicou que a empresa trabalha com todo tipo de sucata, mas que a reciclagem de alumínio representa 98% da produção. “O alumínio é o maior gerador de sucatas no Brasil. A empresa possui 20 filiais espalhadas pelo Brasil e catadores em todo o País. Isso ajuda muito a ter esse índice de 98% de atuação com alumínio”, explicou Fernandez. Segundo ele, a Latasa trabalha com o alumínio secundário (o alumínio primário é o da mina, da bauxita). O secundário consome apenas 5% da energia que o primário consome. “Temos uma economia substancial na reciclagem”, disse o empresário.

A Latasa já possui um centro de coleta em Curitiba. “Conhecemos bem o mercado local, temos forte mercado no Sul do País e, além disso, estamos perto de São Paulo. Ou seja, próximo dos principais mercados consumidores. Além disso, fomos muito bem acolhidos, com apoio do governo estadual e também da prefeitura de Centenário do Sul”, afirmou o empresário.

Para o prefeito de Centenário do Sul, Luiz Nicácio, a empresa vai beneficiar a cidade, que possui um dos menores índices de PIB do Paraná. “Será um impulso para a nossa economia, com empregos e desenvolvimento”, afirmou.

COMPAGAS - A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) vai atuar na parceria que garante a instalação da planta industrial da Latasa Reciclagem no município de Centenário do Sul.

De acordo com o diretor-presidente da empresa, Luciano Pizzato, algumas empresas necessitam de energia específica para realizar o trabalho. “No caso da Latasa Reciclagem, é necessário o gás para realizar o correto derretimento do alumínio”, afirmou.

A solenidade de assinatura do protocolo com a Latasa contou com a presença do diretor do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Gilmar Lourenço; do diretor-presidente da Agência Paraná Desenvolvimento, Carlos Gogler; do secretário especial do Cerimonial e Relações Internacionais do Governo do Estado, Ezequias Moreira, do deputado federal Luiz Carlos Hauly, do deputado estadual Alexandre Curi.

Leia a notícia completa em: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=80668&tit=Empresa-lider-em-reciclagem-de-aluminio-confirma-fabrica-no-Parana